N Engenheiros
‘Sombra’ é a nova produção da ArQuente

O espetáculo, com direção de Miguel Moreira, tem estreia marcada para 3 de abril, no Teatro das Figuras, em Faro.

 

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

O espetáculo, com direção de Miguel Moreira, tem estreia marcada para 3 de abril, no Teatro das Figuras, em Faro.

“Um trabalho sobre o corpo e a incompreensão de o entender e percebê-lo no mundo. Pessoas que esperam e olham entre si mesmas através dos outros. Os seus corpos tombam e arrastam-se pelo chão desenhando caminhos possíveis para a existência. A Sombra é um espaço protetor de altas temperaturas onde já não podemos fugir daquilo que somos e do que realmente sentimos aqui e agora.” É desta forma que Miguel Moreira fala sobre ‘Sombra’, a nova produção da Associação ArQuente que o coreógrafo dirige.

O espetáculo sobe ao palco do Teatro das Figuras, espaço escolhido para acolher a estreia nacional da criação, nos dias 3 e 4 de abril.

Os ensaios, com o elenco composto por seis intérpretes/co-criadores, começaram em outubro do ano passado, altura em que o grupo performativo algarvio conseguiu que Miguel Moreira aceitasse o convite.

“Há muito tempo que desejávamos trabalhar com o Miguel. O trabalho dele é incrível e sabíamos que seria uma experiência única ter alguém assim a dirigir-nos. Foi o Gil Silva que nos colocou em contacto com o trabalho dele e acho que nos apaixonamos desde o primeiro instante”, conta Teresa Silva, presidente da Associação Cultural ArQuente.

Para o acompanhar neste processo criativo, Miguel Moreira conta com a colaboração da bailarina Maria Fonseca, com quem trabalha desde 2018 no Útero, associação cultural fundada pelo coreógrafo em 1997 e que é o maior testemunho da sua identidade artística e criativa.

Segundo a ArQuente ‘Sombra’ é, de certo modo, uma produção inquietante, humana, estética e ímpar, onde o espetador é quem “define” aquilo que vê.

“O Miguel e a Maria desafiam-nos constantemente a explorar outras dimensões de nós, a vermo-nos nos outros. Quando olho para o outro vejo-me a mim. Penso que depois do Sombra não seremos os mesmos, aliás não somos os mesmos no final de cada ensaio”, confessa Teresa, entre sorrisos.

A ArQuente – Associação Cultural foi criada em 2006 e desde então desenvolve um trabalho multidisciplinar, tocando e juntando o teatro, as artes performativas, a dança, a música, as artes visuais e multimédia.

‘Sombra’ é um espetáculo que conta com a co-produção do Teatro das Figuras.

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 1 dia

Há: 2 dias

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.