N Engenheiros
90% das insolvências não pagam a credores

No primeiro trimestre deste ano foram decretadas 2.757 insolvências nos tribunais de primeira instância, uma redução homóloga de 181 processos, mas com um aumento de particulares insolventes.

 

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

A quase totalidade dos créditos reconhecidos pelos tribunais em processos de insolvência ficam por pagar, revela o último Destaque Estatístico Trimestral da Direção-Geral da Política de Justiça.

“A taxa de recuperação de créditos, ou seja, a proporção do montante de créditos pagos face ao montante de créditos reconhecidos, cifra-se em 9,4%”, segundo o documento que tem dados referentes ao primeiro trimestre de 2019. Os restantes 90,6% não tiveram um “pagamento efetivo”, mostram os dados.

Nos três primeiros meses do ano foram decretadas 2.757 insolvências nos tribunais de primeira instância, ou seja, uma redução de 181 processos face ao período homólogo de 2018. No entanto, há um aumento do número de particulares que pedem a insolvência pessoal, são já 80% do total.

Ao nível das empresas são as que operam ao nível do comércio por grosso, retalho e reparação de veículos que representam a maioria das insolvências.

 

NOTA: o Destaque Estatístico pode ser consultado em https://www.dgpj.mj.pt/sections/siej_pt/destaques4485/sections/siej_pt/destaques4485/estatisticas-trimestrais9023/downloadFile/file/Insolv%C3%AAncias_trimestral_20190725.pdf?nocache=1564568721.45

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 9 horas

Há: 13 horas

Há: 1 dia

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.