N Engenheiros
Apenas 20% dos portugueses sabem com exatidão o valor das suas despesas mensais

Apenas 20% dos portugueses sabem com exatidão o valor das suas despesas mensais, mais 7 pontos percentuais que em 2018.

 

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

Para a tomada de decisões mais conscientes e um melhor controlo do orçamento familiar, é necessário um maior conhecimento dos rendimentos e despesas mensais. Segundo dados do Observador Cetelem Literacia Financeira, 29% dos inquiridos afirmam saber com exatidão o valor do rendimento mensal, o que representa menos 19 pontos percentuais face aos dados apurados em 2018 (48%). E apenas 20% confirmam saber com exatidão o valor das despesas mensais fixas, face a 13% no ano passado.

Os resultados globais desta edição do Observador Cetelem Literacia Financeira 2019 indicam uma melhor preparação dos portugueses para a gestão do orçamento familiar. Este ano, 88% dos portugueses afirmam ter conhecimento do valor do rendimento do agregado familiar, enquanto em 2018 esse valor era de 84%.

Apesar do aumento de 4p.p., a percentagem de portugueses que diz saber com exatidão os valores dos rendimentos familiares desceu face a 2018 (48%) para os 29%. Já a percentagem de participantes que diz saber o valor aproximado (59%) aumentou face a 2018 (36%). Não obstante esta evolução, 13% continuam a não saber o valor dos rendimentos do agregado familiar.

Relativamente às despesas, verifica-se uma diminuição da percentagem de portugueses que dizem saber com exatidão o valor das despesas mensais fixas, que cai de 27% em 2018 para 20% este ano. Aumenta significativamente o número de pessoas que diz saber o valor aproximado dessas despesas (a percentagem sobe de 55% em 2018 para 67%, este ano).

Já a percentagem de pessoas que desconhece o montante das suas despesas mensais desceu de 2018 para 2019, passando de 18% para 13%. No que se refere ao conhecimento do saldo bancário, 56% dos portugueses afirmam que só conhecem o valor aproximado; 29% dizem saber o valor exato e 15% revelam não saber de todo.

Numa análise geográfica, é possível concluir que são os inquiridos no Norte do país que maior conhecimento têm dos seus rendimentos (35%) e das despesas (24%).

 

Rendimentos mensais

O rendimento líquido mensal médio dos agregados familiares dos inquiridos pelo Observador Cetelem Literacia Financeira 2019 situa-se nos 1 233€, com 2% a ultrapassar os 2 500€ e 4% a ficarem abaixo de 600€. Cerca de 26% dos inquiridos situam o rendimento médio do agregado entre os 600€ e os 1 050€.

Em média, os agregados são constituídos por três pessoas (2,7), com dois elementos a contribuir para o orçamento familiar. Os inquiridos foram ainda questionados sobre o seu nível de satisfação com os rendimentos, e 45% afirmam estar satisfeitos, enquanto 32% referem não estar nem satisfeitos nem insatisfeitos. Os restantes 12% revelam estar insatisfeitos (parcialmente ou totalmente) com o rendimento do seu agregado.

De 1 a 5, o score médio de satisfação dos portugueses é de 3,39 pontos.

O estudo completo está disponível em https://www1.cetelem.pt/images/ctlmpages/naomexer/estudo_obs53.pdf

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 10 horas

Há: 15 horas

Há: 19 horas

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.