Boas práticas em gestão da medicação do ACES Barlavento

Projetos de boas práticas em gestão da medicação do ACES Barlavento apresentados na Reunião Plenária das Comissões da Qualidade e Segurança da DGS.

Os projetos de boas práticas na área da segurança e gestão da medicação, nomeadamente nos cuidados a ter com os medicamentos e na reconciliação terapêutica, promovidos pelas diversas unidades do Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Barlavento foram apresentados pela Dra. Ana Cristina Costa, a Presidente da Comissão de Qualidade e Segurança do Doente do ACES Barlavento e Vogal do Conselho Clínico e de Saúde do ACES Barlavento, na Reunião Plenária das Comissões da Qualidade e Segurança da Direção Geral da Saúde (DGS), subordinada ao tema Segurança da medicação, que decorreu na quarta-feira, dia 19 de abril, na Aula Magna da Faculdade de Medicina de Lisboa.

No decorrer do encontro, que contou com a presença do Secretário de Estado da Saúde, Dr. Manuel Delgado, foi realizada a avaliação do trabalho de monitorização da Qualidade e Segurança e de boas práticas em gestão de medicação desenvolvido em 2016 pelas Comissões da Qualidade e Segurança, tendo como mote «Segurança da Medicação», o mais recente desafio da Organização Mundial da Saúde, na área da Segurança dos Doentes.

A sessão contou também com a participação das Ligas de Amigos dos Hospitais, de forma a potenciar o seu envolvimento e colaboração, com as Comissões, na defesa da segurança dos doentes. No final do encontro foi ainda realizada a entrega de 39 certificados de acreditação a várias unidades de saúde nacionais, entre elas, duas para o Centro Hospitalar do Algarve.

Do trabalho realizado pela Comissão de Qualidade e Segurança do Doente do ACES Barlavento, no âmbito da Segurança da Medicação e da implementação da reconciliação terapêutica no ACES, destaca-se algumas das conclusões:

A elevada prevalência de incidentes relacionados com a medicação não é exclusiva do ambiente hospitalar.

As consequências dos incidentes relacionados com a medicação afetam, não só os próprios doentes, como os ganhos em saúde, acarretando um considerável desperdício para o sistema de saúde.

O envelhecimento da população e o consequente aumento das doenças crónicas, leva a que a população que recorre aos serviços de saúde seja cada vez mais idosa e polimedicada. Por isso, torna-se muito relevante promover a segurança na utilização de medicamentos.

Algumas unidades do ACES Barlavento desenvolvem projetos de boas práticas na área da segurança das medicações, nomeadamente na reconciliação terapêutica.

Por forma a replicar esses projetos de boas práticas noutras unidades do ACES e uniformizar procedimentos, os Órgãos de Gestão do ACES, através da Comissão de Qualidade e Segurança do Doente elaborou, uma Circular Normativa Interna sobre Reconciliação da Medicação divulgada junto de todos os profissionais deste ACES.

Consultar “Apresentação Boas práticas em gestão da medicação – ACES Barlavento” em http://www.arsalgarve.min-saude.pt/wp-content/uploads/2017/04/i023553.pdf

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 19 minutos

Há: 1 hora

Há: 17 horas

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.