N Engenheiros
Dia Mundial da Literacia: ler é o primeiro passo para o conhecimento financeiro

Hoje, 8 de setembro, é o Dia Mundial da Literacia, pelo que se sublinha, a nível internacional, a importância da leitura na vida das pessoas e das populações.

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

Hoje, 8 de setembro, é o Dia Mundial da Literacia, pelo que se sublinha, a nível internacional, a importância da leitura na vida das pessoas e das populações.

A uma literacia elevada corresponde uma maior capacidade de compreender o que é lido, facilitando o conhecimento da realidade e a tomada de decisões, nomeadamente a nível financeiro.

 

Em Portugal, onde os níveis de literacia são ainda bastante baixos, o Cetelem aposta no programa «Tem Tudo a Ler», com o propósito de incentivar a leitura, contribuindo desta forma para o aumento dos conhecimentos em matéria financeira.

Para grande parte dos portugueses, a compreensão de informação financeira é ainda um desafio. Cerca de um quarto dos consumidores (26%) admite sentir necessidade de formação nesta área, sobretudo em aspetos como a gestão orçamental, produtos financeiros, poupança e crédito. No geral, 52% dos consumidores têm a perceção de que o seu nível de literacia financeira “não é bom nem mau”; 31% afirmam que é “bom” e 2% que é “muito bom”. Há ainda 11% que referem ter um “mau ou muito mau” conhecimento na área, refere um estudo do Observador Cetelem.

O baixo envolvimento dos portugueses com os assuntos financeiros revela-se nas questões quotidianas que afetam a gestão dos seus orçamentos. Há menos consumidores a gerir o orçamento familiar em 2016 (65%, comparativamente com 76% em 2015) e para a maioria (57%) esta gestão limita-se ao controlo do extrato bancário. Em termos de poupança, apenas 4% dos portugueses afirmam poupar todos os meses e 13% preparam a reforma.

Existe também um forte desconhecimento de conceitos financeiros, na medida em que menos de metade dos portugueses sabe o que significam expressões como juros (49%); Euribor (45%); Taxa de Câmbio (35%) ou TAEG (32%). Também menos de metade dos inquiridos (45%) consideram a formação financeira importante ou a formação financeira dos filhos uma preocupação (48%).

 

Incentivar hábitos de leitura é meio caminho andado

Para alcançar um bom nível de literacia financeira é necessário, como ponto de partida, ter um bom nível de literacia e vários dados apontam para baixos níveis de literacia em Portugal. Segundo um estudo do programa Ler+Jovem, 10% dos alunos no secundário nunca leram um livro até ao fim e muitos afirmam sentir dificuldade em compreender o que está escrito.

No sentido de ter uma participação ativa e complementar o trabalho das entidades competentes e o trabalho desenvolvido pelos agentes ligados à cultura e à educação, o Cetelem lançou o programa de responsabilidade social «Tem Tudo a Ler», com o objetivo de promover hábitos de leitura junto dos portugueses, através do desenvolvimento de iniciativas dirigidas a vários públicos.

«Assumimos no ano passado o compromisso de trabalhar para a promoção da leitura e continuamos este ano a nossa missão, com novas iniciativas, nomeadamente junto das crianças e envolvendo diretamente os nossos colaboradores. Apesar do projeto «Tem Tudo a Ler» ser ainda recente, o feedback das entidades com quem estamos a trabalhar tem sido muito positivo e os resultados visíveis. Isto deixa-nos muito satisfeitos e motiva-nos a continuar neste caminho que acreditamos vir a contribuir para combater a iliteracia, de uma forma geral, e consequentemente a iliteracia financeira», explica Diogo Lopes Pereira, diretor de marketing do Cetelem.

No âmbito do programa «Tem Tudo a Ler» estão ações como «Histórias frescas, todos os dias», a participação dos colaboradores Cetelem enquanto «Voluntários da Leitura» e a «Festinha da Leitura», um projeto-piloto com base na Terapia Assistida por Cães. Ainda este ano, será lançada mais uma iniciativa que irá levar a leitura a vários pontos do país.

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 10 horas

Há: 15 horas

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.