N Engenheiros
Faro: Jardim da Alameda recebe o evento 'Primavera Literária'

A Feira do Livro de Faro está de regresso e renovada: presença de escritores conceituados, espetáculos literários e musicais, exposições, cinema, workshops e sessões para crianças são alguns dos ingredientes de um evento inédito que tem lugar de 16 a 19 de maio.

 

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

A Feira do Livro de Faro está de regresso e renovada: presença de escritores conceituados, espetáculos literários e musicais, exposições, cinema, workshops e sessões para crianças são alguns dos ingredientes de um evento inédito que tem lugar de 16 a 19 de maio.

O evento “Primavera Literária”, na qual estará integrada, num formato inédito, a 43.ª Feira do Livro de Faro acontece, assim, entre estes dias 16 e 19 de maio, e o Jardim da Alameda será, pela primeira vez, palco deste evento cultural.

O Município de Faro pretende dar um novo impulso à sua histórica Feira do Livro, que em conjunto com o festival literário, apresentará uma programação cultural de excelência que trará, durante quatro dias, entre as 10h00 e as 24h00, uma nova dinâmica àquele jardim.

O evento apresentará uma maior oferta de títulos e uma maior diversidade de publicações. Para além de títulos nacionais e internacionais de grande interesse do público, haverá uma oferta especial de literatura infanto-juvenil e ainda a presença de editoras do Algarve com publicações de interesse local.

O local do certame irá estender-se à Biblioteca Municipal de Faro e às instalações do IPDJ - Instituto Português do Desporto e Juventude. Com uma programação diversificada, será possível visitar exposições, assistir a apresentações de livros, a entrevistas de vida e a espetáculos literários e musicais. Paralelamente, um conjunto de atividades para miúdos e graúdos garante que uma visita ao festival será um momento bem passado em família.

O festival literário contará com a especial presença de conceituados autores, destacando-se Neill Lochery, Lídia Jorge, Dulce Maria Cardoso, Isabel Stilwell e João Tordo.

Na música, destacamos as atuações de Fernando Leal, voz conhecida dos algarvios e de Teresa Aleixo, artista farense, que apresentarão ao vivo o seu último álbum de originais.

Uma múltipla oferta para escolas, famílias e crianças vai também ter o seu espaço no “Primavera Literária”. Os autores Susana Jorge, José Pires e Ana Saldanha apresentam sessões para os mais jovens e para a família. Adelaide Fonseca e Ricardo Coelho apresentam “O Pássaro Escritor” um concerto poético para as famílias, que podem ainda assistir ao “Bebe MusicoNatura”.

“O Lobo Vegetariano” é uma das sessões que Teatro Bambolina (ASMAL) apresenta também para escolas. A eles junta-se a equipa interdisciplinar da Biblioteca Municipal de Faro com a “Hora do Conto” e um conjunto de atividades para os mais novos.

Em colaboração com a editora Sul, Sol e Sal, falar-se-á sobre a investigação histórica realizada a Sul com a presença dos investigadores Patrícia Palma, Andreia Fidalgo e João R. Chagas Aleixo. Com a Europa em vista, os visitantes poderão ainda assistir a uma interessante conversa dinamizada pela jornalista Maria Augusta Casaca, que irá conversar com refugiado do Iémen em Portugal, numa iniciativa em parceria com Centro Nacional de Apoio ao Migrante.

Neste festival literário, haverá ainda sessões de cinema ao ar livre, em parceria com o Cineclube de Faro; um conjunto de exposições de pintura coletiva; uma exposição do músico Afonso Cruz e workshops de criação de marionetas. O público será ainda surpreendido pelo Booktinder que o desafiará a encontrar aquela aventura que faz o seu coração acelerar.

O evento conta ainda com a presença de Paulo Galindro que realizará ilustrações ao vivo.

E as figuras dos livros mais populares ganham vida e… passeiam-se pelo Jardim da Alameda.

O “Primavera Literária” irá ainda recordar três datas que marcam o panorama literário em 2019: os 100 anos que passam desde o nascimento de Sophia de Mello Breyner Andresen e Jorge de Sena e ainda os 120 anos do nascimento do poeta António Aleixo.

No Jardim da Alameda será inda possível usufruir de street food e um conjunto de animadores do espaço.

Finalmente, o Município de Faro convida-o a estar atento às passadeiras da sua cidade. Vai encontrar um conjunto de citações que por estes dias vão convidar a uma visita a este Festival Literário.

 

Sobre os autores que marcam presença no Festival Literário

Neill Lochery

Neill Lochery é professor catedrático de Estudos do Médio Oriente e do Mediterrâneo no University College London e é um conceituado especialista mundial em história moderna e política de Israel, do Médio Oriente e do Mediterrâneo. É autor de uma série de livros aplaudidos pela crítica sobre a região – que incluem o bestseller internacional Lisboa 1939-1945 - A Guerra nas Sombras da Cidade da Luz, assim como de inúmeros artigos publicados em jornais e revistas.

 

Lídia Jorge

Romancista e contista portuguesa. Algarvia de gema. Viveu os anos mais conturbados da Guerra Colonial em África. Foi membro da Alta Autoridade para a Comunicação Social. É professora do ensino secundário e publica regularmente artigos na imprensa. O tema da mulher e da sua solidão é uma preocupação central da obra de Lídia Jorge, como, por exemplo, em Notícia da Cidade Silvestre (1984) e A Costa dos Murmúrios (1988). O Dia dos Prodigíos (1979), outro romance de relevo, encerra uma grande capacidade inventiva, retratando o marasmo e a desadaptação de uma pequena aldeia algarvia. O Vento Assobiando nas Gruas (2002) é mais um romance da autora e aborda a relação entre uma mulher branca com um homem africano e o seu comportamento perante uma sociedade de contrastes. Este seu livro venceu o Grande Prémio de Romance e Novela da Associação Portuguesa de Escritores em 2003.

 

Dulce Maria Cardoso

Dulce Maria Cardoso nasceu em Trás-os-Montes e passou parte da infância em Angola. Regressou a Portugal na ponte aérea de 1975. Licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, escreveu argumentos para cinema e também escreveu contos. Publicou em 2001 o seu romance de estreia, Campo de Sangue, Grande Prémio Acontece. Desde então publicou os romances Os Meus Sentimentos (2005), prémio da União Europeia para a Literatura, O Chão dos Pardais (2009), prémio Pen Club, e O Retorno (2011). É autora de duas antologias de contos: Até Nós (2008) e Tudo São Histórias de Amor (2014). Os seus primeiros dois livros infantis, na coleção A Bíblia de Lôá, foram publicados em 2014. Em 2012, foi condecorada com as insígnias de Cavaleira da Ordem das Artes e das Letras da França. A sua obra está publicada em quinze países e é estudada em diversas universidades. Alguns dos seus contos e romances foram adaptados ou encontram-se em fase de adaptação para cinema e teatro.

 

Isabel Stilwiell

Isabel Stilwell é jornalista e escritora. A sua grande paixão por romances históricos revelou-se em 2007, com o bestseller D. Filipa de Lencastre, a que se seguiram D. Catarina de Bragança, ambos traduzidos para inglês, e D. Amélia, sempre com crescente sucesso. Em abril de 2012, foi a vez de publicar D. Maria II, que mereceu uma edição especial para o mercado brasileiro. Em outubro de 2013 lançou Ínclita Geração – Isabel de Borgonha, em 2015, a história da mãe do primeiro rei de Portugal, D. Teresa e em 2017,um romance sobre a vida da Rainha Santa, Isabel de Aragão, eleito o 2º melhor livro de ficção, no Prémio Livro do Ano Bertrand. Desde o Diário de Notícias contribui de forma essencial para o jornalismo português. Fundou e dirigiu a revista Pais & Filhos, foi diretora da revista Notícias Magazine durante 13 anos e diretora do jornal Destak até ao final do ano de 2012, entre muitos outros projetos. Continua a colaborar mensalmente com a revista Pais e com o Jornal de Negócios, quando não está a escrever, vira diariamente os «Dias do Avesso» em conversa com Eduardo Sá, na Antena 1.

 

João Tordo

João Tordo nasceu em Lisboa em 1975. Venceu o Prémio Literário José Saramago 2009 com As Três Vidas, tendo sido finalista, com o mesmo livro, do Prémio Portugal Telecom, em 2011. Publicou doze romances, entre eles “O Livro dos Homens sem Luz” (2004), “Hotel Memória” (2007), “Anatomia dos Mártires” (2011), “O Ano Sabático2 (2013), “Biografia Involuntária dos Amantes” (2014), “O Luto de Elias Gro” (2015), “O Paraíso Segundo Lars D.” (2015), “O Deslumbre de Cecilia Fluss” (2017) e “Ensina-me a Voar Sobre os Telhados” (2018). Foi finalista do Prémio Melhor Livro de Ficção Narrativa da Sociedade Portuguesa de Autores (2011 e 2015), do Prémio Literário Fernando Namora (2011, 2012, 2015, 2016), e do Prémio Literário Europeu em 2012. Os seus livros estão publicados em vários países, incluindo França, Itália, Alemanha, Hungria, Espanha, México, Argentina, Brasil, Uruguai, entre outros.

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 1 dia

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.