N Engenheiros
FOMe começa esta sexta feira e Olhão é uma das cidades anfitriãs

Começa esta sexta feira, 14 de setembro, o FOMe – Festival de Objectos e Marionetas & Outros Comeres.

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

Começa esta sexta feira, 14 de setembro, o FOMe – Festival de Objectos e Marionetas & Outros Comeres. Até dia 29, a iniciativa, organizada em rede pelos municípios do Algarve Central – Olhão, Faro, Loulé, Albufeira, S. Brás de Alportel e Tavira – e programada e produzida pela ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve, apresenta uma programação repleta de espetáculos onde as marionetas são rainhas.

No sábado, 22 de setembro, data do início do festival em Olhão, a companhia de Lagoa A Barraca do Gregório traz à Avenida da República, junto à Sociedade Recreativa Progresso Olhanense, pelas 11h00, o espetáculo “D. Roberto O Algarvio”.

Descendentes do Pulcinello italiano, do Guignol francês e do Punch inglês, os Robertos são de raíz extremamente popular, caracterizando-se pela sua voz única e pelas suas histórias curtas e cheias de ação, a maior parte das vezes herdadas por tradição oral e adaptadas a cada realidade sociopolítica e religiosa.

Os Robertos chegaram aos nossos dias pelas mãos de bonecreiros como o Mestre António Dias, o Mestre António Rosado ou o Mestre Domingos Moura, que eram frequentemente encontrados nas praias do Norte, nas feiras e romarias e nas ruas e jardins das grandes cidades como o Porto e Lisboa.

Neste espetáculo, o público poderá assistir às histórias “D. Roberto e a namorada” e “O burro teimoso”.

Meia-hora mais tarde, às 11h30, haverá lugar para o espetáculo “Pulcinella”, trazido ao FOMe pela italiana Irene Vecchia.

O Guarattelle é a forma tradicional napolitana de teatro de rua, criada com a técnica de bonecos de luva. A arte de Guarattelle é uma tradição popular transmitida oralmente há mais de 500 anos em Itália.

A personagem principal - Pulcinella - é um ser livre que, com sua voz mágica, encena o eterno conflito entre o bem e o mal. Pulcinella representa as emoções da vida humana em que cada espetador se vai reconhecer. Este é o segredo de uma tradição oral antiga, sendo um espetáculo social e sempre vital, uma representação irónica e uma sátira do ser humano.

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 1 dia

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.