N Engenheiros
Pacotes de serviços 4P e 5P já têm peso de 62,9% nas ofertas e receitas aumentam quase 5%

A Anacom partilhou dados mais recentes das receitas de serviços de telecomunicações em pacote, juntando internet, TV e móvel.

 

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

Segundo a Anacom, o número de assinantes de pacotes de telecomunicações cresceu 186 mil utilizadores no final de 2019, atingindo cerca de 4,1 milhões, o que traduz um aumento de 4,8%.

De acordo com o regulador do mercado das telecomunicações, a evolução deve-se sobretudo ao aumento do número de utilizadores com pacotes 4P e 5P, mas a Anacom também nota que o crescimento do número de subscritores de pacotes está em desaceleração desde 2015.

No total, as receitas dos serviços em pacote atingiram 1,66 mil milhões de euros em 2019, mais 4,9% do que no ano anterior. Só as ofertas 4P e 5P (que juntam 4 ou 5 serviços num só pacote) representaram 62,9% do total das receitas, sendo a NOS a operadora que consegue aqui maior quota de mercado.

Cada assinantes dos serviços em pacote pagou, em média, 34,81 euros em 2019 (excluindo IVA), um valor que subiu 0,9% face a 2018. No caso específico dos pacotes 4P e 5P o valor médio desceu 0,4% para os 45,52 euros, o que torna esta opção ainda mais atrativa.

 

4P e 5P estão à frente nas preferências dos clientes

O relatório mostra que estas ofertas quadruple/quintuple play de pacotes de serviços de comunicações eletrónicas foram as mais utilizadas em 2019, e que existem já 2,02 milhões de subscritores (49,7% do total de utilizadores), o que se traduz num crescimento percentual face ao ano anterior de 12,5%, com 225 mil novos subscritores.

De notar que, em segundo lugar entre as ofertas mais utilizadas, estão as ofertas triple play (3P), com 1,62 milhões de subscritores (39,8% do total), que tiveram ainda assim um crescimento muito ligeiro, a taxas significativamente inferiores às de anos anteriores. Segundo o comunicado da Anacom "esta evolução das ofertas 3P esteve, em parte, associada à migração para pacotes com maior número de serviços (4/5P). As ofertas double play (2P) continuaram a diminuir em 2019 (-8,6%), totalizando 424 mil subscritores".

 

MEO lidera nos serviços em pacote e NOS tem mais receitas

Os dados partilhados hoje pela Anacom mostram que, no final de 2019, a MEO continua a ser o operador com maior quota de assinantes de serviços em pacote, acumulando 40,4% de todos os subscritores destes serviços. Com estes dados a operadora do grupo Altice mantém a liderança que já tinha em 2018.

Em segundo lugar está a NOS com 37,1%, a Vodafone com 18,6%, e o Grupo NOWO/Onitelecom com 3,8%. A Anacom sublinha que, face ao ano anterior, a Vodafone foi o único destes operadores que aumentou a sua quota de subscritores, em 0,8 pontos percentuais.

Os dados da Anacom mostram porém que a NOS tem a maior quota de mercado em clientes de 4P e 5P, com 43,5% de todos os assinantes, enquanto a MEO tem 42,3%. Aqui a Vodafone tem também uma quota de mercado mais baixa do que no indicador geral, não ultrapassando os 11%.

Já em termos de receitas de serviços é a NOS que está à frente, com 42,2% de todas as receitas geradas nestes pacotes, seguindo-se a MEO com 40,7%, a Vodafone com 14,2% e o Grupo NOWO/Onitelecom com 2,8%.

"Face ao ano anterior, a Vodafone e o Grupo NOS aumentaram as suas quotas de receitas, em 1,3 e 0,4 pontos percentuais, respetivamente, por contrapartida da redução verificada na MEO, de 1,1 pontos percentuais, e no Grupo NOWO/Onitelecom, de 0,6 pontos percentuais", refere a Anacom.

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 5 horas

Há: 1 dia

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.