N Engenheiros
Para 92% dos portugueses o combustível é a principal despesa associada ao automóvel

Para 36% dos inquiridos pelo Observador Automóvel, a compra de um carro continua a ser demasiado dispendiosa.

Na média global do estudo, são 85% os inquiridos que consideram o combustível a despesa mais elevada - os automobilistas portugueses estão 7 pontos percentuais acima da média dos inquiridos.

 

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

No momento de comprar um carro, a questão económica e a consideração de todas as despesas associadas ao veículo, continuam a ser uma prioridade. Para a globalidade dos inquiridos pelo Observador Cetelem Automóvel 2020, comprar um carro é muito caro (36%) e tem custos de manutenção muito elevados (34%). Este peso é particularmente sentido em países considerados “emergentes”, como a Turquia, África do Sul e Brasil.

Para a grande maioria dos países inquiridos, o combustível vem em primeiro lugar nas despesas mais elevadas (85%), seguido dos custos de seguro (70%) e de manutenção (54%).

Para os inquiridos portugueses o cenário é muito idêntico: 92% referem que o seu principal gasto é com o combustível, seguido do seguro automóvel (80%). No caso nacional, em terceiro lugar surge ainda o financiamento (14%). Sobre os elevados preços dos combustíveis, 30% dos portugueses afirmam que raras foram as vezes que desistiram de realizar uma viagem por este motivo, enquanto 12% revela fazê-lo com frequência.

 

77% quer redução de impostos sobre combustíveis

Para reduzir estes gastos, 82% dos condutores portugueses estariam disponíveis para comprar um veículo que consumisse menos combustível; 79% preferia subscrever um seguro mais barato (recorrendo a mediadores); 75% faria a manutenção do veículo fora das redes de marcas do fabricante; e 72% evitaria portagens através da utilização de rotas alternativas.

Adicionalmente, 77% dos inquiridos nacionais refere ainda que preferia que o governo reduzisse os impostos sobre combustíveis, de forma a aumentar o poder de compra das famílias. Os restantes 12% preferia que o governo mantivesse os impostos sobre combustíveis nos níveis atuais. Por outro lado, 11% são da opinião que o governo deve aumentar os impostos sobre combustíveis para incentivar modos de transporte mais ecológicos e sustentáveis.

 

 

Carro ideal dos portugueses é seguro, barato e agradável de conduzir

A segurança é o atributo preferido em qualquer veiculo, na opinião dos condutores dos 15 países inquiridos

Além da segurança (42%), os condutores portugueses valorizam ainda o valor da aquisição (38%) e o tipo de condução (31%).

 

Para a grande maioria dos automobilistas há um conjunto de características que definem o que é um automóvel ideal e somente 8% discorda desta ideia. Mas este veiculo só existe, antes de mais, se for seguro (42%), característica especialmente importante para os espanhóis, sul africanos e japoneses. Em segundo lugar, deverá ser também confortável (34%), característica mais relevante para os condutores japoneses e brasileiros.

Para cerca de um quarto dos inquiridos do Observador Cetelem Automóvel 2020, o automóvel ideal deve durar muito tempo (29%), e ter um custo o mais baixo possível, tanto na compra como na forma de utilização, e tem de ser agradável de conduzir. Características especialmente valorizadas pelos inquiridos mais velhos.

Na última posição deste top de características do automóvel ideal, a imagem e o design do carro são valorizados apenas por 5% dos inquiridos. Os millenials, bem como os habitantes nas áreas urbanas, são um pouco mais sensíveis que a média mundial no que se refere à importância do design. Ainda assim, parece que o automóvel ideal está longe de ser associado a uma modernidade triunfante: apenas 8% consideram relevante um carro ultratecnológico e 7% um carro de livre acesso que se paga apenas quando se utiliza.

No caso dos automobilistas portugueses, a segurança continua a ser a característica mais importante (41% - menos 1 ponto percentual que a média global). Adicionalmente, os custos reduzidos de compra e utilização (38%) e ser agradável de conduzir em viagens de longa e curta duração (31%). Os inquiridos em Portugal são também grandes adeptos do conforto (28%), de veículos ambientalmente sustentáveis (26%) e que sejam versáteis (25%).

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 1 dia

Há: 2 dias

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.