N Engenheiros
Rentrée da Orquestra Clássica do Sul no Dia Mundial da Música

A Orquestra Clássica do Sul (OCS) regressa aos palcos, depois de uma pausa na sua atividade artística durante o mês de setembro, com um concerto no dia 1 de Outubro, às 18h30, no Teatro das Figuras, em Faro. O concerto, que celebra o Dia Mundial da Música, pretende revisitar as grandes obras do passado e investir no futuro, apoiando jovens músicos.

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

A Orquestra Clássica do Sul (OCS) regressa aos palcos, depois de uma pausa na sua atividade artística durante o mês de setembro, com um concerto no dia 1 de Outubro, às 18h30, no Teatro das Figuras, em Faro. O concerto, que celebra o Dia Mundial da Música, pretende revisitar as grandes obras do passado e investir no futuro, apoiando jovens músicos.

Neste programa dirigido pelo Maestro Titular Rui Pinheiro, a OCS estreia a obra “Sospirando Silhouettes”, que a si foi dedicada e escrita pelo compositor Bruno Gil, um nome a assinalar no panorama musical português da nova geração. O autor descreve este trabalho como um «um diálogo entre aquilo que surge como uma nítida ‘silhueta’ da música e aquilo que se apresenta como uma ‘silhueta’ indistinta». Bruno Gil iniciou os seus estudos musicais em 1991, e em 1993 inicia os estudos de composição no Instituto Gregoriano de Lisboa (curso de piano). Terminando, em 2013, o curso de PhD em composição no King’s College London sob orientação de Silvina Milstein e George Benjamin, a sua música tem sido interpretada em vários lugares no Reino Unido e em Portugal pela Orquestra Gulbenkian, RCM Symphony Orchestra, Composers’ Ensemble, Orchestrutópica, Peter Selwynn, Richard Baker, Patrick Bailey, Guillaume Bourgogne e Rui Pinheiro, entre outros.

A jovem violinista Mariana Lopes, que causou uma forte impressão no Concurso Jovens Solistas da OCS, irá também apresentar-se a solo neste concerto, com a interpretação da obra de Pablo de Sarasate, “Árias Ciganas”. Estas peças são “húngaras” à maneira de Brahms e Liszt e acumula desafios técnicos para o solista, ao mesmo tempo que não cessa de deliciar o ouvinte.

Na segunda parte, Haydn, um dos nomes mais importantes do Classicismo e considerado o ‘pai da sinfonia’, será interpretado pela OCS com a “Sinfonia Nº 10”. Toda a sua obra é marcada por um sentido de humor muito refinado, que não é excepção nesta sinfonia ‘militar’, cujo apelido deriva do segundo andamento, que conta com fanfarras proeminentes e efeitos de percussão.

Os bilhetes para este espetáculo estão à venda no Teatro das Figuras e têm o preço único de 10 euros.

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 24 minutos

Há: 5 horas

Há: 7 horas

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.