N Engenheiros
VOLTA: Joni Brandão mantém Amarela presa por centésimos de segundo

António Carvalho (W52-FC Porto) venceu a mítica etapa da Senhora da Graça no dia em que Camisola Amarela ficou presa por meros centésimos de segundo, ainda na posse de Jóni Brandão (Efapel).

 

Vidreira Louletano

Infiltração Zero

Subiu-se hoje à Senhora da Graça. A 9ª etapa da Volta era, à partida, encarada como uma etapa decisiva, não terminasse ela na sempre decisiva subida ao alto do monte Farinha, em Mondim de Basto.

Desde Fafe os ciclistas tinham pela frente um difícil percurso de 133,5 quilómetros e desde cedo tivemos 11 ciclistas em fuga. António Carvalho (W52-FC Porto) era o melhor posicionado da geral da fuga (11.º a 2m19s), o que obrigou a Efapel a trabalho redobrado na cabeça do pelotão.

E de repente, ao quilómetros 47, houve notícia com o abandono de Vicente Garcia De Mateos, devido a uma indisposição. O espanhol do Aviludo-Louletano era quarto na geral, a apenas 34 segundos do líder. O dia ficou ainda marcado pelas quedas que ditaram vários abandonos.

Voltando ao grupo em fuga, este nunca rolou com muito mais do que dois minutos de vantagem sobre o pelotão, e a cada subida foi perdendo elementos.

Subidas que Luís Gomes aproveitou para somar pontos que fazem do ciclista da Rádio Popular-Boavista virtual rei da montanha. Basta-lhe terminar a “Portuguesa”. E entretanto, os ciclistas chegaram a Mondim de Basto, com António Carvalho (W52-FC Porto) e Luís Fernandes (Aviludo-Louletano) isolados.

Lá atrás, sobrava o habitual grupo de favoritos.

Monte Farinha acima restou António Carvalho, foi o primeiro a cruzar a linha de meta e venceu uma etapa mítica. Gastou 3h49m12s para cumprir a tirada. O seu colega de equipa João Rodrigues foi segundo a apenas um segundo, com o Camisola Amarela Joni Bradão (Efapel) a chegar um segundo mais tarde. A 7 segundos chegaram João Benta (Rádio Popular-Boavista), Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira) e David Rodrigues (Rádio Popular-Boavista), com Gustavo Veloso a ser apenas nono, já a 24 segundos.

Assim sendo, a Camisola Amarela continua na posse de Joni Brandão, mas ficou presa por meros centésimos de segundo. O ciclista da Efapel traz 6 centésimos do Prólogo, enquanto João Rodrigues traz 53, e é essa diferença que dita a manutenção da liderança por parte de Joni Brandão.

Ainda na geral, Gustavo Veloso está já a 40 segundos, enquanto que Frederico Figueiro é o melhor classificado do Sporting-Tavira, é agora sétimo a 2m05s.

Amanhã, no Contra Relógio Individual, o cronómetro será rei!

 

Para mais classificações consulte o separador “classificações” no site oficial da prova, em www.volta-portugal.com/

 

A 81ª edição da Volta a Portugal em bicicleta termina neste domingo com a 10ª etapa, um contra relógio individual de 19,5 quilómetros corrido entre Vila Nova de Gaia e o Porto. É o dia de todas as decisões.

 

Acompanhe a Volta a Portugal em direto na emissão da Horizonte Algarve.

Acompanhe o Diário da Volta com emissão às 20 horas e repetição às 21 horas e ainda no dia seguinte às 7 horas, 8 horas e 9 horas.

Pedale com a Horizonte Algarve, em 96.9FM e 106.8FM e ainda na emissão online em www.radiohorizonte.com.

 

Ademar Dias

ÚLTIMAS

Há: 9 horas

Há: 13 horas

Há: 1 dia

 

Localização

Rua dos Pelames - Terminal Rodoviário, 1º Andar 8800 Tavira, Portugal

 

 

 

 

 

Contactos

Telefone: +351 281 380 240

Emails:

Geral: horizontealgarve@gmail.com

Secretaria: horizontesecretaria@gmail.com

Redação: horizontenoticias@gmail.com

 
Zircon - This is a contributing Drupal Theme
Design by WeebPal.