N Engenheiros

Um mês a celebrar a Europa na Eurocidade do Guadiana

Todos os anos, as instituições europeias celebram o Dia da Europa, a 9 de maio. A Eurocidade do Guadiana, enquanto Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial, começou com as comemorações a 8 de maio através de um webinar (seminário web) que ligava e valorizava os projetos europeus realizados no território da Eurocidade. Estas atividades prolongaram-se até segunda-feira, 8 de junho, com reuniões virtuais e campanhas de sensibilização nas redes sociais e nos meios de comunicação social que recordaram os benefícios de pertencerem, como cidadãos, à União Europeia.

A livre circulação entre países é provavelmente o direito que os vizinhos da eurocidade mais falta devem sentir porque, paradoxalmente, as celebrações do mês da Europa coincidiram com o encerramento das fronteiras luso-espanholas pela primeira vez desde que ambos aderiram à Comunidade Económica Europeia, em 1985. Serem membros da União Europeia multiplicou as oportunidades para os cidadãos em vários domínios: como nas comunicações, com a eliminação do roaming em chamadas telefónicas; ou em mobilidade estudantil, com o Programa Erasmus que permitia aos estudantes europeus estudar e estagiar em qualquer país membro. Estes e outros temas foram abordados durante o Mês da Europa no espaço Rádio Eurocidade, que é transmitido pela emissora local da Câmara Municipal de Ayamonte, e nas redes sociais do projeto EuroGuadiana 2020.

Durante o Mês da Europa, a Eurocidade do Guadiana tem intensificado os esforços para continuar a conectar-se e comunicar com os cidadãos, mas também com outras organizações com as quais partilha o espírito de cooperação transfronteiriça. As Universidades do Algarve e de Huelva participaram na passada sexta-feira, dia 5, numa reunião telemática para abordar os desafios da Estratégia Conjunta de Turismo com representantes dos três municípios e do projeto EuroGuadiana. O encontro destacou a oportunidade para os três municípios serem o ponto de união entre duas referências turísticas europeias, como são o Algarve e a Andaluzia, e como essa conexão pode transformar a atual situação periférica numa nova centralidade que estrategicamente localiza e reposiciona a Eurocidade.

Foi também muito útil o encontro realizado com as organizações PREDIF e Accessible Portugal, líderes em turismo acessível em ambos os países ibéricos, que irão aconselhar a Eurocidade na elaboração do Plano de Acessibilidade do território, bem como na criação de experiências de lazer adaptadas a pessoas com necessidades especiais e a inclusão da Eurocidade na aplicação Tur4all popularmente considerado o "Tripadvisor" da acessibilidade turística.

O mês da Europa na Eurocidade do Guadiana tem sido destacado como um mês de conexões e reuniões entre cidadãos, instituições públicas e do setor privado, mostrando que, apesar das limitações na mobilidade geográfica, a entidade conseguiu continuar a dinamizar as iniciativas do território e o seu desenvolvimento conjunto, avançando assim de forma muito positiva no seu trabalho como primeiro Laboratório de Governança Transfronteiriça da Eurorregião Alentejo-Algarve-Andaluzia.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo