N Engenheiros

Albufeira: começou repavimentação da estrada de Santa Eulália e arruamentos adjacentes

O Município de Albufeira já deu início aos trabalhos de Repavimentação da Estrada de Santa Eulália e arruamentos adjacentes, obra que implica um investimento superior a meio milhão de euros. A empreitada inclui a reformulação das redes de águas residuais pluviais, iluminação pública e telecomunicações, pavimentação, colocação de sinalética horizontal longitudinal e horizontal transversal, bem como a criação de acessibilidades para pessoas com mobilidade reduzida e deficiência visual. A autarquia prevê que os trabalhos fiquem concluídos em meados do próximo mês de abril.

O presidente da Câmara Municipal de Albufeira, sublinha que apesar dos tempos difíceis que correm, “Albufeira não para e continua a investir no melhoramento do concelho, aproveitando o confinamento geral e o consequente constrangimento à circulação na via pública para avançar com obras imprescindíveis”.

São várias as empreitadas que estão a decorrer com vista à requalificação de estradas e caminhos em diversas freguesias do concelho.

Em Santa Eulália já são visíveis as movimentações no âmbito do início dos trabalhos referentes à empreitada de “Repavimentação da Estrada de Santa Eulália e Arruamentos Adjacentes”. A empreitada, com um valor de investimento superior a meio milhão de euros, já começou há vários dias, prevendo-se a sua conclusão para o próximo mês de abril.

Para além da requalificação da estrada principal, a obra abrange o beco de Santa Eulália, os arruamentos circundantes ao restaurante Zé do Peixe Assado, a rua nas traseiras do Posto de Turismo e o parque de Estacionamento junto ao supermercado Intermarche.

A obra, cujo contrato foi assinado a 18 de novembro e tem data de consignação de 11 de dezembro de 2020, teve início em janeiro deste ano com os trabalhos preparatórios, terraplanagens e demolições. Trata-se de uma empreitada complexa, que inclui a reformulação das águas residuais pluviais, redes de iluminação pública e telecomunicações, pavimentação e sinalética e criação de acessibilidades para pessoas com mobilidade reduzida e deficiência visual.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo