Rota do Petisco 2021

Albufeira: investimento de 1,318 M€ na remodelação e ampliação da rede de águas em Paderne-Norte

Teve início no passado dia 11 deste mês, as obras alusivas ao projeto de “Remodelação e Ampliação da Rede de Águas Residuais e Pluviais da Zona Norte de Paderne”. Esta remodelação está dividida em duas fases, sendo que a primeira, “Remodelação e Ampliação da Rede de Águas Residuais e Pluviais da Zona Norte de Paderne FASE 1”, abrange a zona de Aldeia dos Matos e desenvolve-se até ao Purgatório, passando por baixo da Autoestrada A2. Na Fase 1, os efluentes gerados pela rede de coletores projetada, serão transportados totalmente por gravidade para a rede de coletores existentes em Paderne. A extensão total dos coletores a executar nesta primeira fase é de aproximadamente 9.100 metros, e pelo prazo de execução de oito meses.

A Fase 2, abrange as zonas de Lentiscais, Alcaria, Carrasqueiro e Ribeira de Alte. Os efluentes gerados na área abrangida pela rede de coletores projetados para a Fase 2 terão um transporte misto entre gravítico e elevatório com final na rede de coletores existentes em Paderne. Tendo em conta a topografia presente na Fase 2, foram previstas quatro estações elevatórias. Nesta segunda fase, a extensão total dos coletores a executar é de aproximadamente 18.200 metros.

Em conjunto, esta empreitada conduzirá a uma rede com um comprimento total de 27.300 metros e significa um investimento da Autarquia no valor de 1.317.504,90 euros.

“A população de Paderne tem vindo a aumentar e esta obra há muito que se justificava. É um investimento avultado. É uma obra desafiante, superior a um milhão de euros, complexa, mas que vem resolver diversos problemas que se fazem sentir nesta área. Somos um concelho a caminhar a passos largos para uma otimização de recursos e sinergias e cada vez mais ambientalmente são”, declara o presidente da Câmara Municipal, José Carlos Rolo.

Refira-se que após a conclusão desta empreitada, a rede total de águas residuais domésticas em Albufeira passa a ser de 320 quilómetros.”

 

Ademar Dias

Partilha este artigo

N Engenheiros