SulOffice.pt

Algarve Recebe Roadshow de Cibersegurança para os Mais Novos

Sob o lema “Partilhar sem arriscar”, a Huawei Portugal apresenta a sua edição de 2022 do SmartBus. O projecto educativo, desenvolvido para crianças e jovens entre os 10 e os 14 anos, vai percorrer o País de Norte a Sul. Serão realizadas paragens em cerca de 20 escolas e as próximas acontecem já entre os dias 14 e 17 de Novembro, no Algarve.

Na primeira data, 14 de Novembro, o autocarro da Huawei estacionará na Escola das Naus, do Agrupamento de Escolas Gil Eanes, em Lagos. No dia 15 seguirá para Portimão e estará na Praça da República onde, durante a manhã, receberá alunos de diferentes escolas e, na parte da tarde, ficará com as portas abertas para receber qualquer pessoa interessada em saber mais sobre as TIC e o seu uso seguro e responsável. No dia 16 segue para Albufeira e estaciona no Agrupamento de Escolas de Ferreiras. E no dia 17, já em Faro, estará na Escola Básica 2º e 3º Ciclos Doutor Joaquim Rocha Peixoto Magalhães, do Agrupamento de Escolas Tomás Cabreira.

A viagem desta sala de aula móvel teve início em Almada com uma paragem que assinalou o Dia Internacional das Raparigas, a 11 de Outubro, durante o evento “Shaping The Digital Future”, no âmbito da 6ª edição do programa Engenheiras por um Dia. Depois seguiu para Lisboa, tendo parado no Externato Marista. Já na zona Norte do país, o SmartBus esteve estacionado em Braga, no Porto, Vila Nova de Gaia, Aveiro e Viseu, antes de seguir para a região Centro onde teve paragem em Arganil e Leiria.

Com uma rota que visita vários estabelecimentos escolares de todo o País, o SmartBus tem as portas abertas para receber crianças, pais e professores, com o intuito de contribuir para o aumento da consciencialização sobre o bom uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) através das sessões didáticas ministradas no autocarro. Recorrendo à partilha de dicas e conselhos para tirar o máximo partido dos vários dispositivos e plataformas, a Huawei acredita que se evitam riscos e perigos para os mais novos.

As sessões, de caráter formativo e lúdico, são orientadas por professores especializados e têm uma duração de 50 minutos. Durante este tempo, os jovens participam em actividades e jogos interactivos integrados nos dispositivos tecnológicos. Vejamos, por exemplo, a aplicação Detetive Privado, especificamente desenhada para este projecto. Nesta aplicação, é possível ter acesso a noções básicas sobre o uso responsável das redes sociais em termos de privacidade e, ainda, aprender a detectar alguns dos perigos mais frequentemente presentes nestas plataformas.

Diogo Madeira da Silva, Director de Public Affairs & Communication da Huawei Portugal explica que “os jovens são hoje nativos digitais, mas devemos procurar que adotem comportamentos seguros on-line e contribuir para que façam uma utilização segura e consciente da tecnologia”. Daí que, completa, “a educação seja uma das áreas em que realizamos maior investimento, considerando não só as iniciativas de consciencialização dos alunos, mas também de toda a comunidade que envolve o ensino como os professores ou encarregados de educação”.

No conjunto das actividades organizadas no âmbito do SmartBus estão também incluídas iniciativas promovidas por parceiros. São exemplo acções que integram o Mês das Competências Digitais tutelado pelo INCoDe.2030; o Programa Engenheiras Por Um Dia, iniciativa do Governo Português que tem como objetivo destacar as áreas da engenharia e tecnologia junto das jovens que frequentam o 3.º ciclo do ensino básico e ensino secundário; ou, ainda, a promoção da 10.ª edição do Sitestar.PT, evento promovido a nível nacional pela DECO e o .PT que convida os jovens entre os 13 e os 18 anos a desenvolver sites em domínio .pt, de forma criativa e original.

Estima-se que este roadshow nacional, com uma duração de quatro semanas, pode chegar até entre 4.000 a 5.000 estudantes de Norte a Sul do País. O roteiro teve início no dia 11 de Outubro em Almada e seguiu depois viagem rumo a Lisboa, Malveira, Sintra, Braga, Porto, Aveiro, Viseu, Arganil, Leiria, Ponte de Sor, Chamusca, Moita e Setúbal, até estacionar agora a Sul em Lagos, Portimão, Albufeira e Faro.

Este projecto enquadra-se num plano abrangente que a Huawei Portugal tem vindo a desenvolver ao nível do desenvolvimento do talento em País. A ilustrar este campo de actuação estão iniciativas como a ICT Academy, que permite a transferência de conhecimento para instituições de ensino superior de Norte a Sul do país; ou o Seeds For The Future, programa-bandeira da Huawei focado no conhecimento e na inovação. São também exemplos deste investimento o programa que entregou 50 Bolsas a alunos portugueses no início deste ano, algo que representou um investimento total de 250 mil euros em talento nacional; ou o mais recente Huawei Summer Camp 4 Her, que permitiu que 15 jovens universitárias entre os 18 e os 21 anos passassem uma semana a conhecer as possibilidades de carreira no mundo tecnológico.

Ademar Dias

Partilha este artigo