N Engenheiros

Biblioteca Municipal de Faro relembra António Ramos Rosa

A Biblioteca Municipal de Faro assinalará o 96º aniversário de nascimento do seu patrono, o poeta António Ramos Rosa, com algumas atividades que decorrerão durante o mês de Outubro.

No átrio da Biblioteca vai estar patente, até ao fim de outubro, um quadro do poeta da autoria da artista plástica Pulita. Nascida no Funchal em 1944, Pulita está radicada em Faro desde 1980, onde exerce pediatria. O percurso artístico da pintora está intimamente ligado ao Centro Cultural de São Lourenço, em Almancil, e ao Centro de Arte e Cultura de Estoi. Integrando a Associação Ibérica dos Artistas Plásticos e Similares e a Sociedade Portuguesa de Pintores e Artistas Médicos, a pintora já expôs a sua obra em Portugal, Espanha e Finlândia.

A BMF tem, em exposição permanente no 1º piso, um conjunto de objetos doados pelo poeta, testemunho de diversas homenagens de que foi alvo, de prémios literários e distinções honoríficas. No átrio estará patente a mostra bibliográfica Relembrando António Ramos Rosa, integrando grande parte do acervo da sua vasta produção poética, de crítico e de tradutor. António Ramos Rosa, figura central da poesia portuguesa de todos os tempos, nasceu em Faro a 17 de outubro de 1924 e faleceu, em Lisboa, a 23 de Setembro de 2013.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo