N Engenheiros

Capturados mais 4 migrantes ilegais do grupo de 17 que fugiu de Tavira

Foram capturados, este sábado, mais quatro dos 17 migrantes ilegais que fugiram na passada quinta-feira de um quartel em Tavira, no Algarve, onde se encontravam a cumprir quarentena depois de dois terem testado positivo para a Covid-19, avançou esta manhã a TVI24.

Neste momento, falta, assim, encontrar apenas mais um migrante, não havendo mais detalhes sobre a operação que está a ser levada a cabo pelas autoridades portuguesas.

Já nesta sexta-feira, a GNR recapturou mais três destes migrantes, um dos quais o cidadão marroquino que testou positivo para o novo coronavírus. Dois destes fugitivos foram intercetados em Castro Marim. O terceiro foi detido já em Espanha, tendo sido entregue às autoridades portuguesas junto à fronteira.

O grupo que em 16 de setembro desembarcou sem documentos na ilha Deserta, em Faro, era composto por 28 migrantes: 24 homens, que estavam instalados no quartel em Tavira, três mulheres, uma delas grávida, e um menor. As três mulheres foram instaladas na Unidade Habitacional de Santo António, no Porto, enquanto o menor foi entregue ao Tribunal de Família e Menores de Faro.

Entretanto, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, pediu na passada quinta-feira a abertura de um inquérito à fuga dos migrantes, para apurar "as circunstâncias da referida fuga e de eventuais responsabilidades disciplinares de elementos" do SEF e da PSP.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo