Rota do Petisco 2021

Constituído arguido um homem suspeito de matar um cão no rio Arade em Lagoa

Um homem de nacionalidade portuguesa foi ontem constituído arguido pela prática do crime de maus tratos a animais, depois de alegadamente ter atirado um cão à água, com dois tijolos amarrados à coleira, no rio Arade, junto à localidade da Mexilhoeira da Carregação, no concelho de Lagoa, tendo provocado a morte do animal.

Na sequência de um alerta recebido no passado dia 02 de fevereiro, através da GNR de Lagoa, dando conta da presença de um cão no rio Arade, o piquete da Polícia Marítima de Portimão deslocou-se de imediato ao local tendo retirado o corpo do animal da água com o apoio técnico da veterinária da Câmara Municipal de Lagoa, que o transportou posteriormente para o canil municipal.

O cão não tinha chip nem registo de identificação, tendo sido possível identificar o suspeito da prática do crime após diligências da Polícia Marítima junto de várias clínicas veterinárias.

O Comando-local da Polícia Marítima de Portimão elaborou o respetivo auto de notícia e irá prosseguir com o inquérito. O caso será posteriormente entregue ao Ministério Público.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo

N Engenheiros