N Engenheiros

Empresas estimam aumento nominal de 4,9% nas exportações de bens em 2021

As empresas exportadoras de bens perspetivam um crescimento nominal de 4,9% das suas exportações em 2021 face ao ano anterior, de acordo com os dados divulgados esta segunda-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

"Apesar destes valores representarem uma melhoria face às perspetivas indicadas pelas empresas para 2020 no inquérito precedente (-13,0%), não permitem ainda assim uma recuperação para valores próximos dos registados antes da pandemia", pode ler-se no relatório do INE.

"Efetivamente, a confirmarem-se estas perspetivas, o valor das exportações de bens em 2021 corresponderá a um nível 12,8% inferior ao total das exportações de bens verificado em 2019", acrescenta ainda a agência de estatísticas.

De acordo com o INE, as empresas esperam um acréscimo de 4,4% nas exportações para os mercados Extra-UE e de 5,2% para os países Intra-UE. Excluindo os Combustíveis e lubrificantes, as expetativas reveladas pelas empresas indicam um acréscimo esperado de 4,5% em 2021 (+3,4% no Comércio Extra-UE e +4,9% no Comércio Intra-UE).

 

Ademar Dias

Partilha este artigo