N Engenheiros

José Gusmão é cabeça de lista do Bloco de Esquerda pelo Algarve

O Bloco de Esquerda aprovou no passado fim de semana, como cabeça de lista do Bloco de Esquerda pelo Algarve para as próximas eleições legislativas de 30 de Janeiro, o atual eurodeputado do Bloco de Esquerda no Parlamento Europeu, José Gusmão.

José Gusmão é economista de formação, tendo já sido deputado na XI legislatura, exercendo desde 2019 as funções de eurodeputado.

A lista do Bloco de Esquerda pelo Algarve é composta por 14 elementos, sendo os três primeiros, José Gusmão, 45 anos, Economista; Igor Gago, 23 anos, Estudante Universitário; Sandra da Costa, 44 anos, Professora/Investigadora.

O mandatário da lista é o atual deputado pelo Algarve na Assembleia da República, João Vasconcelos.

Aqui fica, na íntegra, o comunicado do Bloco de Esquerda:

«O Bloco de Esquerda aprovou no passado fim de semana, como cabeça de lista do Bloco de Esquerda pelo Algarve para as próximas eleições legislativas de 30 de janeiro, o atual eurodeputado do Bloco de Esquerda no Parlamento Europeu, José Gusmão, tendo já sido deputado na XI legislatura, exercendo desde 2019 as funções de eurodeputado.

José Gusmão é economista, licenciado no Instituto Superior de Economia e Gestão (ISEG), onde integrou a direção da Associação dos Estudantes e o Senado da Universidade.

Foi assistente de investigação no Centro de Investigação Sobre Economia Portuguesa (afeto ao ISEG), no âmbito do “Inquérito sobre Utilização de Propriedade Industrial em Portugal”, e investigador no Dinâmica – Centro de Estudos sobre Mudança Socioeconómica (afeto ao ISCTE), no âmbito projeto europeu “A dimensão normativa da ação económica”.

É, há vários anos, um dos autores do blogue sobre economia "Ladrões de Bicicletas", sendo coautor dos livros "A crise, a Troika e as Alternativas Urgentes", "ABC do Socialismo" e "Economia com Todos".

Enquanto ativista, participou na ATTAC Portugal, no Fórum Social Português, na Associação Fórum Manifesto, na Iniciativa para uma Auditoria Cidadã à Dívida e no Congresso Democrático das Alternativas. Foi militante do Partido Comunista Português. Mais tarde, aderiu ao Bloco de Esquerda. Foi deputado à Assembleia da República na XI Legislatura, tendo sido vice-presidente da Comissão de Orçamento e Finanças (COF).

Entre 2011 e 2018, trabalhou como assistente no Parlamento Europeu, com Miguel Portas e Marisa Matias. Integra o Secretariado Nacional do Bloco de Esquerda.

Foi eleito deputado para o Parlamento Europeu nas eleições de 2019 pelas listas do Bloco de Esquerda. É vice-presidente da Comissão de Assuntos Económicos e Monetários (ECON). É Coordenador do Grupo da Esquerda no Parlamento Europeu na mesma comissão e também na Comissão de Assuntos Fiscais (FISC). É finalmente membro suplente da Comissão de Emprego e Assuntos Sociais e Vice-Presidente do grupo interparlamentar para as questões da deficiência.

A lista do Bloco de Esquerda pelo Algarve é composta por 14 elementos, sendo os três primeiros, José Gusmão, 45 anos, Economista; Igor Gago, 23 anos, Estudante Universitário; Sandra da Costa, 44 anos, Professora/Investigadora.

O mandatário da lista é o atual deputado pelo Algarve na Assembleia da República, João Vasconcelos.

O Bloco de Esquerda pretende continuar o trabalho desenvolvido em defesa do Algarve, como tem feito, através das dezenas de visitas de trabalho efetuadas, ao longo dos anos, pelo deputado João Vasconcelos aos vários concelhos da região e do contacto com as populações residentes, com principal destaque para a luta pela melhoria das condições de vida dos algarvios, nomeadamente na Saúde, Trabalho, Habitação, Ambiente e Economia e mobilidade.

Consideramos que o Algarve e a sua população, pelas provas dadas pelo deputado do Bloco de Esquerda na região, podem continuar a confiar numa representação digna e na defesa e luta pela melhoria das condições de vida das comunidades do Algarve.»

 

Ademar Dias

Partilha este artigo