Loulé leva “Um Sorriso de Natal” à população mais vulnerável e profissionais da linha da frente

No culminar de um ano particularmente difícil, a Câmara Municipal de Loulé pretende proporcionar um feliz Natal aos seus munícipes que se encontram numa situação mais fragilizada, mas também aos profissionais de saúde e outros que têm estado na linha da frente do combate à COVID-19 e que foram os grandes heróis de 2020. É com este objetivo que nasce “Um Sorriso de Natal”.

Assim, nos dias 23 e 24 de dezembro, alguns artistas locais vão oferecer momentos musicais únicos aos utentes das 14 instituições de solidariedade social do concelho de Loulé, nomeadamente àqueles que trabalham com a população idosa, passando pelas 9 freguesias, desde o Ameixial até às zonas do litoral de Quarteira e Almancil. Para garantir a segurança sanitária nestes espaços, as atuações realizar-se-ão à porta dos estabelecimentos, sem qualquer contacto entre os utentes e os artistas. Esta iniciativa tem por objetivo levar alguma alegria e espírito natalício aos mais idosos que, este ano, devido à pandemia, não poderão desfrutar de um momento em família, fora das instituições, como é habitual para muitos. “Este tem sido o segmento da população mais penalizado com esta crise de saúde pública pois, além de terem sido os mais atingidos pela doença, os nossos idosos viram-se forçados a estar separados dos seus familiares durante estes largos meses. Queremos, com esta ação simbólica, amenizar esse sentimento de tristeza e dar-lhes algum alento para o ano que se avizinha”, consideram os responsáveis municipais.

Por outro lado, num gesto de reconhecimento pelo trabalho realizado por quem tem estado na linha da frente no combate ao vírus, a Câmara Municipal de Loulé irá oferecer a ceia de Natal aos profissionais de saúde do concelho, aos bombeiros e elementos da Proteção civil municipal que estiverem a trabalhar na noite de consoada.

Refira-se que, à semelhança dos anos anteriores, e no âmbito da programação dos seus serviços de Ação Social, a Autarquia está neste momento a distribuir cabazes de Natal a 2500 famílias do concelho que se encontram numa situação desfavorecida e de vulnerabilidade social, proporcionando a quem mais necessita uma noite de consoada condigna, com uma mesa onde não vão faltar o bacalhau, azeite, grão, feijão, bolo-rei e outros géneros alimentares.

Trata-se de um investimento de 75 mil euros, de grande importância a nível social no município porque permite apoiar os cidadãos que, pelas mais diversas circunstâncias da vida, se encontram a passar dificuldades. Uma ação que ganha ainda maior relevância num ano marcado pela pandemia que levou a uma crise socioeconómica e a que muitas pessoas tivessem perdido o seu emprego.

“Nesta época festiva queremos estar ao lado das pessoas, sobretudo das mais vulneráveis, para que se sintam acarinhadas e apoiadas, e levar uma mensagem de solidariedade e de esperança aos nossos concidadãos. Acreditamos que 2021 será um ano de viragem nesta crise pandémica que nos atingiu e que, aos poucos, alcançaremos novamente a normalidade”, afirma o Presidente da Câmara de Loulé.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo

N Engenheiros