N Engenheiros

Mais de metade dos portugueses admitem poupar mais por causa da pandemia

Segundo um estudo da Nielsen, entre os europeus, cerca de 66% admite ter alterado as suas despesas em função da pandemia, o que prova que a pandemia do novo coronavírus veio alterar a perspetiva financeira da sociedade no geral.

E em Portugal esta taxa é mais elevada, uma vez que 77% dos portugueses admitem poupar mais por causa da pandemia, de acordo com os dados da consultora Nielsen.

"Perante o atual clima económico e o aumento da taxa de desemprego, os consumidores podem ver-se com menos rendimentos. 77% dos portugueses afirmam ter alterado os seus gastos de forma a poupar nas compras para a casa", pode ler-se em comunicado.

"Com menos gastos em refeições, viagens, entretenimento e vestuário, a Nielsen prevê que os bens de grande consumo passarão a ganhar um novo significado e a ser uma forma de preencher o vazio deixado por estas poupanças", acrescenta o comunicado da consultora. 

 

Ademar Dias

Partilha este artigo