SulOffice.pt

Município atribui votos de louvor a trio de ouro na equitação são-brasense

O executivo municipal são-brasense entregou, no passado dia 25 de outubro, votos de louvor aos cavaleiros são-brasenses Manuel Alves, Daniel Pires e David Santos que, este ano, se sagraram campeões regionais de Dressage.

“A arte equestre portuguesa, é um património cultural importantíssimo e historicamente marcante para Portugal, praticada há largos séculos, a qual merece ser defendida e difundir. O espetáculo da arte equestre proporciona aos seus adeptos imagens de extraordinária beleza pela simbiose que se estabelece entre o cavaleiro e o cavalo, que resulta de uma relação de equilíbrio, sintonia, gentileza e conhecimento do animal pelo seu montador.

Assim aconteceu em mais uma edição da prova do Campeonato Regional de DRESSAGE, SUL 2022, promovida pela Federação Equestre Portuguesa, numa realização ocorrida entre os dias 1 e 2 de outubro, em Vilamoura. Na modalidade de dressage, é pelo nível de “saber” do cavalo e que o cavaleiro respeita, que define a categoria de participação, ou seja, na preliminar, na média, na elementar ou na avançada.

E nesta iniciativa São Brás de Alportel está mais uma vez de parabéns, já que esteve representado ao mais alto nível através de três atletas são-brasenses”, lê-se no voto de louvor aprovado por unanimidade.

Manuel Costa Alves, sagrou-se Campeão do Nível M(Média) com o cavalo Miozo FS e Vice-Campeão no Nível A (Avançada) com o Levante JCL. Um profundo conhecedor da equitação, que há mais de 30 anos dedica a esta apaixonante modalidade muito saber e conquistas para o Pódio.

Daniel Silva Pires, um jovem empreendedor são-brasense, cuja carreira se afirma solidamente, com diversas etapas de sagração, presentemente ao serviço do Sporting Clube Farense, sagrou-se agora campeão no Nível A e Vice-Campeão no nível E(Elementar), com os seus cavalos lusitanos Nobre das Postas e Jaguar, apurando-se para o grande desafio dos campeonatos nacionais. Daniel conseguiu recentemente alcançar uma importante etapa do seu sonho com a abertura de portas do seu Centro Equestre Baixa Lusitana, ao serviço do concelho e da região com formação, atividades inclusivas e outros serviços para cavalos e cavaleiros.

David Santos tem 27 anos, e, desde os 14 anos dedica-se de alma e coração à paixão pelos cavalos. Pertence, na visão de muitos à geração de ouro de Alter, conquistou o pódio para a categoria P (Preliminar), com Navial OR, na sua primeira apresentação, um precioso animal que treina no Clube Hípico de Loulé, e propriedade de um criador são-brasense, Orlando do Rosário, classificando-se assim para a final nacional de 2022. Uma jovem promessa nesta modalidade.

Atletas que levam o nome de São Brás de Alportel a diferentes cenários do mundo da equitação e que têm merecido aplausos e o reconhecimento nos níveis competição de topo, nos títulos oficiais da Federação Equestre Portuguesa.

Estes votos de louvor são o reconhecimento do Município pelo sucesso alcançado pelo “Trio De Ouro” no Campeonato Regional Dressage Sul 2022 comprovando as competências e capacidades, a par do seu exemplo de valor, promovendo o nome do Município de São Brás de Alportel ao país e orgulhando a comunidade são-brasense.

Ademar Dias

Partilha este artigo