N Engenheiros

Providência cautelar do Olhanense trava subidas de Arouca e Vizela à II Liga

O Tribunal Arbitral do Desporto aceitou esta segunda-feira a providência cautelar interposta pelo Olhanense com vista à suspensão das subidas do Arouca e do Vizela à II Liga.

O TAD aceitou a providência cautelar enquanto toma uma decisão definitiva sobre o recurso, o que significa que as subidas ficam suspensas até ser tomada essa tal decisão definitiva.

Isto significa que a II Liga fica, nesta altura, com o quadro de clubes incompleto, sendo que o sorteio do campeonato é já dentro de duas semanas, no início de agosto. Ora por isso, a Federação Portuguesa de Futebol anuncia em comunicado que «irá analisar esta decisão e ponderar sobre soluções a adotar, incluindo a de interpor recurso desta decisão para o tribunal administrativo competente».

A Federação Portuguesa de Futebol acrescenta, de resto, que «continua a defender o critério objetivo do mérito desportivo e as soluções que mais garantem a estabilidade e previsibilidade na organização das competições».

 

Ademar Dias

Partilha este artigo