N Engenheiros

Sábado há concerto de música clássica na Fuseta

Com organização da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta, no próximo sábado, dia 27 de novembro, a Igreja Matriz Nossa Senhora do Carmo, na Fuseta, será palco de um Concerto de Música Clássica, pela Orquestra Clássica do Sul.

Com entradas livres mas com lotação limitada - cumprindo as normas da DGS - o espetáculo “Ensemble Além Tejo” da Orquestra Clássica do Sul, começa às 19:00h e terá a duração de 50 minutos, e incidirá sobre música francesa para sopros, de Charles Edouard Lefèbvre, Théodore Dubois e Charles Gounod.

Charles Edouard Lefèbvre estudou no conservatório de Paris e em 1870 foi premiado com o Prix de Rome, em conjunto com Henri Maréchal, pela Cantata Le Jugement de Dieu. Compôs mais de 100 obras, incluindo uma sinfonia, suítes orquestrais e de sopro, peças de órgão, piano, música de câmara, óperas e bailados.

Théodore Dubois foi compositor, organista, professor de música e autor de vários livros sobre teoria musical, muito utilizados na pedagogia musical durante décadas. Como compositor era reconhecido pelo seu bom gosto, no entanto, era considerado não muito original e inspirador. Embora aspirasse ser conhecido como um compositor de ópera, acabou por ficar mais conhecido pelas suas composições de música sacra e litúrgica.

De Charles Gounod, será apresentada “A Pequena Sinfonia”, encomendada por Paul Taffanel, amigo de Gounod e professor de flauta de referência do Conservatório de Paris. “A Pequena Sinfonia” é uma evocação em miniatura da sinfonia clássica completa, característica dos finais do século XIX, delicada, evocativa e elegantemente colorida.

 

 

PROGRAMA

 

C. E. LEFÈBVRE (1843 – 1917)

Suite nº 2 para Sexteto de Sopros, op. 122

 

T. DUBOIS (1837 – 1924)

Suite nº 2 para Octeto de Sopros

 

C. GOUNOD (1818 – 1893)

Pequena sinfonia para Sopros

 

Ademar Dias

Partilha este artigo