N Engenheiros

Tavira: autoridades procuram grupo de migrantes ilegais que fugiu do Quartel

As autoridades algarvias estão à procura de um grupo de migrantes ilegais marroquinos que fugiu do quartel do Exército de Tavira.

A fuga ocorreu esta noite, cerca das três da madrugada, através de uma janela das instalações militares. Dos 17 fugitivos, dois já foram apanhados.

Os 24 cidadãos estrangeiros que estavam instalados no Quartel do Regimento de Infantaria nº 1 do Destacamento de Tavira, encontravam-se a fazer a quarentena profilática, depois de dois deles terem acusado positivo à covid-19.

Esta é uma operação que está a ser levada a cabo pela PSP e pelo SEF, mas a colaboração da GNR também foi solicitada.

Está um dispositivo montado na fronteira, para monitorizar as movimentações e proceder à identificação de viaturas.

Os migrantes oriundos do Norte de África foram intercetados na ilha Deserta a 16 de setembro e foram depois ouvidos no Tribunal Judicial de Faro por entrada e permanência irregular em território nacional, tendo sido aplicada como medida cautelar o seu afastamento de território nacional.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo