N Engenheiros

'Todos por um' é um hino à urgência de cumprirmos a Agenda 2020 para o Desenvolvimento Sustentável

O Município de Faro, empenhado na promoção de um mundo mais justo, digno, inclusivo e sustentável, associa-se ao lançamento do hino “Todos por Um”.

Com letra e música de Pedro Abrunhosa, “Todos por um” é um apelo urgente à necessidade de nos unirmos em prol do alcance das metas estabelecidas para cada um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pela Organização das Nações Unidas até 2030.

Um desafio lançado ao compositor e cantor português, Pedro Abrunhosa, pela campanha Rumo a 2030, que está empenhada em contribuir com ações concretas para o sucesso da Agenda 2030. Esta campanha é implementada em Portugal pelo Instituto Marquês de Valle Flôr (IMVF) e pelos membros da Rede Intermunicipal de Cooperação para o Desenvolvimento (RICD), da qual o município farense é membro fundador e é financiada pelo Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P.

Lançada no Dia Mundial da Justiça Social, a música “Todos por um” pretende incentivar à ação e à mobilização em prol de um mundo mais justo, digno, inclusivo e sustentável, apostando no poder de transformação social que a música tem. É também uma forma de contribuir para o conhecimento dos cidadãos sobre a importância da ação local para a concretização dos ODS, motivando-os a agir em prol do Desenvolvimento Global.

 

“Já não temos muito tempo”

Até 2030 ainda há um longo caminho a percorrer. De acordo com o Relatório “Progress towards the Sustainable Development Goals”, em relação ao ODS 1 – Erradicar a Fome, mesmo antes da pandemia de COVID-19, o ritmo de redução da pobreza global estava a desacelerar e projetava-se que o objetivo global de acabar com a pobreza até 2030 não seria atingido. A pandemia está a empurrar dezenas de milhões de pessoas de volta à pobreza extrema, desfazendo anos de progresso. Embora a pandemia tenha salientado a necessidade de reforçar a proteção social e a preparação e resposta a emergências, estas medidas são insuficientes para salvaguardar os pobres e vulneráveis, que mais necessitam delas.

 

“Todos por um”

Só com o envolvimento e compromisso conjunto de governos, sociedade civil, empresas e outros atores do desenvolvimento a nível mundial será possível atingir um desenvolvimento económico, ambiental e socialmente sustentável, beneficiando todos de forma universal e equitativa. A Agenda 2030 só será cumprida se juntos nos comprometermos a atingir os seus Objetivos, não deixando ninguém para trás, pois todos contam na promoção do Desenvolvimento Global.

Conheça a música “Todos por um” e seja parte ativa na mudança rumo a um mundo mais justo, digno, inclusivo e sustentável.

 

A Agenda 2030, um plano de ação global para mudar o mundo até 2030

A Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas resulta de um trabalho conjunto de governos e cidadãos de todo o mundo para criar um modelo global para acabar com a pobreza, promover a prosperidade e o bem-estar de todos e todas, proteger o ambiente e combater as alterações climáticas.

Esta ambiciosa Agenda integra 17 Objetivos alicerçados em 169 metas que são os passos identificados para a garantia de um mundo mais justo, digno, inclusivo e sustentável.

Da erradicação da pobreza e da fome à igualdade de género e saúde de qualidade, da água potável e saneamento ao trabalho digno e crescimento económico, da redução das desigualdades à educação de qualidade, das energias renováveis à ação climática, esta Agenda reflete o equilíbrio entre 5 Princípios: Pessoas, Planeta, Paz, Parcerias e Prosperidade que se apresentam como pilares desta estratégia glocal.

 

Ademar Dias

Partilha este artigo