Vendas de carros elétricos ‘disparam’ 124,6% nos primeiros meses do ano

Nos dois primeiros meses do ano foram vendidos 2.008 carros elétricos em Portugal, o que corresponde a um aumento de 124,6% face ao mesmo período de 2021.

A informação foi divulgada esta quarta-feira pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP), que destaca ainda o facto de, somados os elétricos, híbridos e movidos a GPL/gasolina, as vendas terão atingido as 8.780 unidades – um incremento de 47,3% face ao período homologo de 2021.

No total das vendas automóveis, nos dois primeiros meses de 2022 em Portugal, foram registados 26.263 novos veículos, o que representou um crescimento de 13,1% relativamente ao mesmo período do ano anterior.

Todavia, e ainda segundo a APAC, nos veículos ligeiros de passageiros, quando comparado com o mesmo mês de 2020, o mercado regista, ainda, uma queda de 42,9%.

Aquela associação sublinha ainda que só no mês de fevereiro de 2022 foram matriculados 11.571 automóveis ligeiros de passageiros novos, ou seja, mais 39,2% que no mesmo mês do ano de 2021.

“Apesar deste forte crescimento, o resultado registado em fevereiro de 2022 pode ser considerado bastante baixo, uma vez que compara com o valor anormalmente baixo verificado em igual mês de 2021 e que foi de apenas 8.311, um valor historicamente baixo para um mês de fevereiro”, explica a ACAP.

Com efeito, prossegue a associação, “comparando fevereiro de 2022 com igual mês de 2020, o mercado cai 42,9%, sendo as quedas também bastante acentuadas comparativamente com o mês homólogo de anos anteriores”.

Em termos acumulados, de janeiro a fevereiro de 2022 as matrículas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 21.400 unidades, o que se traduziu numa variação positiva de 16,7% relativamente a período homólogo de 2021.
 

Ademar Dias

Partilha este artigo