N Engenheiros

VRSA: Município apela a desconfinamento responsável

O país entra este sábado numa nova etapa do processo de desconfinamento e em Vila Real de Santo António o Município recorda que a pandemia ainda não acabou.

Aqui fica, na íntegra, o comunicado da autarquia:

 

«O concelho de Vila Real de Santo António entra, este sábado, dia 1 de maio, numa nova etapa do processo de desconfinamento.

Esta é uma notícia importante, já que permite dar mais um passo na reabertura da nossa economia e retomar, de forma gradual, a normalidade das nossas vidas.

Apesar deste alívio das medidas restritivas, não nos podemos esquecer que a pandemia ainda não acabou e que tudo devemos fazer para não recuar no processo de desconfinamento.

O fim do Estado de Emergência não significa de forma alguma o fim da pandemia. Por isso, neste primeiro fim de semana em que o país avança mais um patamar, continua a ser importante limitar os contactos e as deslocações ao essencial, em especial durante o feriado do dia 1 de maio.

Ao longo da última semana, os casos de Covid-19 têm vindo a subir no nosso concelho, em função de um foco local já identificado e devidamente controlado pela Autoridade Local de Saúde. Por essa razão, o Governo da República Portuguesa colocou o concelho de VRSA no mapa de risco, já que atingimos o rácio de 120 casos/100 mil habitantes.

Cabe agora a cada um de nós ser responsável e cumprir escrupulosamente todas as normas sanitárias e de prevenção à Covid-19 para baixar rapidamente os números das infeções e contágios e evitar novas restrições na próxima avaliação semanal da situação de risco.

Só com o contributo de todos poderemos seguir em frente e não dar passos atrás no desconfinamento, situação que penalizaria, de forma indiscriminada, a economia do concelho e as nossas rotinas diárias.

 

Mais do que nunca, recorde as normas da DGS:

- Utilize sempre máscara

- Mantenha o distanciamento físico

- Lave e desinfete as mãos com frequência

- Evite as aglomerações de pessoas

- Evite deslocações desnecessárias

- Cumpra todas as medidas de segurança»

 

Ademar Dias

Partilha este artigo